Leilõs Presenciais, Online, Judiciais e Extrajudiciais.

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora

1ª VARA Execução Fiscal   DE PARANATINGA-MT DE PARANATINGA-MT - Flares Aguiar Leilões

Quarta, 23 de Outubro de 2019
Cód.: 0467/2019
Online
1ª VARA Execução Fiscal DE PARANATINGA-MT DE PARANATINGA-MT
Autos nº: 1001082-07.2018.8.11.0044
Exequente: INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS    |     Executado: DISTRIBUIDORA DE CARNES E DERIVADOS SAO PAULO LTDA
Leilão: LEILÃO JE PARANATINGA-MT
Local físico do pregão: - PARANATINGA-MT
2º Leilão
10 /Out 13h30m
Total de lotes: 1
  • LOTE: 01

    INFORMAÇÕES DE ABERTURA
    Incremento: R$ 5.000,00
    Total de visualizações: 94
    Total de Lances: 0
    Arrematantes homologados: 5605
    Avaliação: R$ 6.600.818,51
    Lance inicial: R$ 3.300.409,26
    Incremento: R$ 5.000,00
    1º Leilão: 04 de Outubro de 2019 às 13h30
    Lance inicial em 1º Leilão: R$ 6.600.818,51
    2º Leilão: 10 de Outubro de 2019 às 13h30
    Lance inicial em 2º Leilão: R$ 3.300.409,26
    Localização: PARANATINGA/MT

FORMAS DE PAGAMENTO

PAGAMENTO À VISTA: O arrematante pagará a guia de deposito judicial relativa à arrematação no prazo de 24 (vinte e quatro) horas após encerrado o leilão diretamente na Agência Bancária autorizada. PARCELAMENTO: Em caso de parcelamento do valor da arrematação, conforme previsto no artigo 895 § 1º do CPC/2015, exige-se o pagamento da 1ª (primeira) parcela à vista, de pelo menos 25% (vinte e cinco por cento) do valor do lance, devidamente acrescida da comissão do(a) leiloeiro(a), garantido por hipoteca do próprio bem, corrigidas por JUROS DA POUPANÇA, limitado a 30 (trinta) parcelas mensais e sucessivas, vencíveis a cada 30 (trinta) dias contados da arrematação, devendo o montante ser quitado mediante guia de depósito judicial vinculada aos autos a que se refere o bem arrematado, garantido por restrição sobre o próprio bem no caso de imóveis ou mediante apresentação de caução idônea no caso de veículos Na hipótese de atraso no pagamento de qualquer parcela, incidirá multa de 10% sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (conforme art. 895 §4º do CPC). Lances à vista sempre terão preferência, bastando igualar-se ao último lance ofertado, o que não interfere na continuidade da disputa.

Descrição detalhada

“Uma área de terras com 726,00 has, denominada “Fazenda Santa Tereza”, parte da Fazenda São João, sem benfeitorias, situada no Município de Chapada dos Guimarães/MT, dentro dos seguintes limites e confrontações: Partindo de um marco cravado à margem do Rio Jatobá denominada MPI, no vértice comum com terras de Aldo Flumian e outros, seguiu-se o rumo NW 87°51’30’’SE, com a distância de 4.700,00 metros onde encontrou-se o marco MPII comum com terras de Aldo Flumian e outros e Mario Pagnozzi Junior. Desse marco seguiu-se rumo SW 2°08’30’’NE com uma distância de 1.410 metros onde encontrou-se o marco MPIII no vértice comum com terras de Adelco Rosseto e outros e remanescente no lote de Fernão Francisco Leme de Carvalho (Fazenda São João). Desse marco seguiu-se o rumo SE 87°51’30’’NW, com a distância de 4.200,00 metros onde encontrou-se o marco MPIV cravado no vértice comum com terras remanescente da subdivisão do citado lote e à margem do Rio Jatobá. Desse marco seguiu-se abaixo margeando o citado Rio por diversos rumos e distâncias e medindo em linha reta a amplitude de 1.496,00 metros até encontrar o marco MPI, ponto de partida, ficando assim demarcado o lote acima descrito. Todos rumos constantes no presente refere-se ao Norte Magnético.” Matriculado sob o nº 2.003 do Cartório de Registro de Imóveis de Chapada dos Guimarães/MT.

 

De acordo com o Laudo de Avaliação o imóvel está localizado em uma faixa de terras próxima a rodovia de bom acesso, em terras produtivas, porém, a Fazenda Santa Tereza com 726 has está inserida na área maior (sem constar a medida) da Fazenda São João, não estando destacada da área maior. Esse imóvel hoje está sob posse do Grupo Reunidas. Vias de Acesso: Saindo de Paranatinga, sentido ao Salto da Alegria, depois do Bar de Castelo, a 90 km, entrar a direita pela estrada nova e rumo ao Salto da Alegria. Depois de percorrer cerca de 80m, adentrar no imóvel. Topografia da Região: A área é plana, tendo parte coberta por cerrado e grande maioria já desmatada para lavoura, solo com pequeno declínio para o Rio Jatobá. Aproveitamento: Apresenta cerca de 80% de aproveitamento da superfície do solo tanto para pastagem quanto para lavoura. Tipo de solo: Solo do tipo latossolo avermelhado, com formação de cerrado, transição para mata. Hidrografia: A área é banhada por pequenas grotas e pelo Rio Jatobá. Vegetação: Possui formação de cerrado. Benfeitorias no imóvel: A área maior é cercada, desmatada para lavoura, e com sede construída, sendo que a área da Santa Tereza está dentro da área da São João, sem estar demarcada e sob a posse do Grupo Reunidas.

Documentos anexos

últimos lances recebidos

ver mais lances                    
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.