Leilõs Presenciais, Online, Judiciais e Extrajudiciais.

área exclusiva
Esqueceu a senha?

Não tem cadastro? cadastre-se agora

2ª VARA CÍVEL  DE CAMPO VERDE-MT DE CAMPO VERDE-MT - Flares Aguiar Leilões

Domingo, 22 de Setembro de 2019
Cód.: 0403/2019
Presencial / Online
2ª VARA CÍVEL DE CAMPO VERDE-MT DE CAMPO VERDE-MT
Autos nº: AUTOS Nº 2638-55.2009.811.0051 CÓDIGO: 28542
Exequente: NABOR GUARIM FERNANDES    |     Executado: JOAQUIM MARTINS DE SIQUEIRA
Leilão: LEILÃO JE DE CAMPO VERDE-MT
Local físico do pregão: Rua Fortaleza, S/N – Centro - Campo Verde/MT - CAMPO VERDE-MT
2º Leilão
23 /Jul 13h30m
Total de lotes: 1
  • LOTE: 01

    INFORMAÇÕES DE ABERTURA
    Incremento: R$ 5.000,00
    Total de visualizações: 784
    Total de Lances: 0
    Arrematantes homologados: 5525
    Avaliação: R$ 298.275,60
    Lance inicial: R$ 149.137,80
    Incremento: R$ 5.000,00
    1º Leilão: 05 de Julho de 2019 às 13h30
    Lance inicial em 1º Leilão: R$ 298.275,60
    2º Leilão: 23 de Julho de 2019 às 13h30
    Lance inicial em 2º Leilão: R$ 149.137,80
    Localização: CAMPO VERDE/MT

FORMAS DE PAGAMENTO

PAGAMENTO À VISTA: O arrematante pagará a guia de deposito judicial relativa à arrematação no prazo de 24 (vinte e quatro) horas após encerrado o leilão diretamente na Agência Bancária autorizada. Em caso de PARCELAMENTO do valor da arrematação, conforme previsto no artigo 895 § 1º do CPC/2015, exige-se o pagamento da 1ª (primeira) parcela à vista, de pelo menos 25% (vinte e cinco por cento) do valor do lance, devidamente acrescida da comissão do(a) leiloeiro(a), garantido por hipoteca do próprio bem, corrigidas por JUROS DA POUPANÇA, limitado a 30 (trinta) parcelas mensais e sucessivas, vencíveis a cada 30 (trinta) dias contados da arrematação, devendo o montante ser quitado mediante guia de depósito judicial vinculada aos autos a que se refere o bem arrematado, garantido por restrição sobre o próprio bem no caso de imóveis ou mediante apresentação de caução idônea no caso de veículos Na hipótese de atraso no pagamento de qualquer parcela, incidirá multa de 10% sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas (conforme art. 895 §4º do CPC). Lances à vista sempre terão preferência, bastando igualar-se ao último lance ofertado, o que não interfere na continuidade da disputa

Descrição detalhada

“Uma área de 161,6666 has, com casa de morada e benfeitorias, dentro de área maior com 515 has, no município de Chapada dos Guimarães/MT, dentro dos seguintes marcos: O 1º no monte da Cabeceira do Tucum; O 2º, a 1.180 metros do 1º, rumo de 13°30’NO, na encosta do Morro de Valo; o 3º, no Morro da Cabeceira do Rio dos Peixes, rumo de 22°15’NO, a 1.170 metros do 2º; O 4º, à margem direita do Ribeirão Jangada, rumo de 88°45’NE, a 2.460 metros do 3º; O 5º na descida do Morro Grande, também, à margem direita do Ribeirão Jangada, rumo de 88°45’NE, a 1.440 metros do 4º, e a 4.120 metros do 1º. Conforme Memorial Descritivo a área de 161,6666 has, foi destacada da área maior ficando a área de 161,6666 has dentro dos seguintes limites e confrontações: O marco inicial M-1 está cravado em comum com terras de Antônio Pupim e em comum com terras de Ivo Belandi; daí segue em linha reta e seca até o M-2, com azimute magnético de 115°30’00’’ e com uma distância de 2.172,50 metros, confrontando com terras de Ivo Belandi: daí segue em linha reta e seca até o marco M-3, com azimute magnético de 337°07’29’’ e com distância de 1.601,26 metros, confrontando com terras remanescentes de Laureano Martins de Siqueira; daí segue em linha reta e seca até o marco inicial M-1, com azimute magnético de 88°45’00’’ e com uma distância de 2.172,40 metros, confrontando com terras de Antônio Pupim, fechando assim o perímetro.” Matriculado sob o nº 4.315 do Cartório de Registro de Imóveis de Chapada dos Guimarães/MT.
De acordo com o Laudo de Avaliação justifica-se o valor da área de acordo com sua condição geográfica conforme fotos, estabelecido o valor por hectares pela distância, logística e qualidade da terra baseando nas condições em que se encontra a área para uso de produção, exploração e aproveitamento em sua dimensão que é de muito pouco aproveitamento para pecuária e agricultura. Sendo nela aproveitada no máximo 40% do total da área para esses fins, a referida área apresenta pequenas partes para pecuária ou agricultura, sua logística é de difícil acesso, apresenta varias porções de pedregulho, pedras, encostas, córregos e riachos não dando condições de acesso e estradas para retiradas dos produtos, e não tendo também como mexer, explorar por motivos das matas ciliares, as demais áreas apresentam variadas encostas não apresentam condições para uso de pastagem e agricultura em toda área.

Documentos anexos

últimos lances recebidos

ver mais lances                    
valorusuário/placalocalidadedata/horário
Nenhum registro de lance.

OBS: Aquele que tentar fraudar a arrematação, além da reparação do dano na esfera cível - Arts. 186 e 927 do Código Civil. Ficará sujeito as penalidades do artigo 358 do Código Penal.